Dia Mundial do Combate à Poluição por Agrotóxicos

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), em comemoração ao Dia Mundial do Combate à Poluição por Agrotóxicos, realizará atividades educativas nos Parques da cidade.
O evento ocorrerá nos dias 10 e 11 de janeiro e o objetivo é informar a população quanto aos riscos causados pelo uso de forma indiscriminada dos defensivos agrícolas, os problemas que esses podem causar a saúde e a natureza, as maneiras que podemos colaborar para diminuir esses impactos, além de disseminar o conhecimento de práticas agroecológicas e de cultura tradicional.
Em Sorocaba, o dia 11 de janeiro faz parte do calendário oficial das datas alusivas ao meio ambiente, conforme Lei Municipal nº 8.812, de 15/07/2009.

diacombatepoluicaoagrotoxSábado, 10 de janeiro de 2015
Parque Natural “Chico Mendes”, Av. Três de Março, 1.025, Alto da Boa Vista.
9h às12h – Feira Experimental de Transição Agroecológica e Orgânicos
11h – Troca de Sabores e Saberes – Traga sua receita
12h – Bate-papo “O papel do produtor e do consumidor no combate a poluição por agrotóxicos”- Consumidores, produtores e integrantes da Feira Orgânica e de Transição Agroecológica de Sorocaba.

Domingo, 11 de janeiro de 2015
Parque Natural Corredores da Biodiversidade, Av. Itavuvu, 11.303, Altos do Itavuvu. Anexo ao Parque Tecnológico.
9h – Apresentação do Projeto Vivabelha Meliponicultura nos Parques Ecológicos de Sorocaba – Associação Paulista de Técnicos Apícolas e Prefeitura de Sorocaba.
10h – Inauguração do meliponário do Parque Natural Corredores da Biodiversidade
11h – Instalação de iscas atrativas nas trilhas do Parque Natural Corredores da Biodiversidade
11h30min – Encerramento

Sobre a Feira de Orgânicos
Promovida pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, em parceria com o Grupo de Articulação Regional da Feira Orgânica de Sorocaba (Garfos), a feira tem como objetivo principal fortalecer os pequenos produtores locais e da região.
Ao todo são sete produtores de Araçoiaba da Serra, Itapetininga, Ibiúna, Iperó e Piedade, que comercializam 67 tipos de produtos diferentes, entre frutas, verduras e legumes, todos in natura certificados como produtos orgânicos ou em processo de certificação.

Sobre o projeto Vivabelha
O projeto é uma parceria da Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura de Sorocaba com a Associação Paulista de Técnicos Apícolas, a Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores do Estado de São Paulo e a Cooperativa dos Apicultores de Sorocaba e Região e tem como objetivo sensibilizar para a importância das abelhas nativas para a preservação e conservação do ambiente natural através da implantação de meliponários nos Parques Ecológicos da cidade.
Meliponários são espaços de criação de abelhas nativas conhecidas como meliponíneos. Criar esses insetos além de ser uma forma de se obter seus produtos como mel, cera, pólen, própolis e geoprópolis é principalmente uma forma de aprender e conservar esses animais e as plantas que eles polinizam. As abelhas nativas estão diminuindo sua ocorrência a cada dia devido a fatores como o desmatamento, uso de agrotóxicos, competição com as abelhas africanizadas e extração ilegal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s